ESCLEROSE

Morte foi comunicada pela família, nesta segunda-feira (7); atriz anunciou aposentadoria temporária em 2022

Bryan Randall, namorado de Sandra Bullock, morreu aos 57 anos, devido a complicações causadas pela Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA)

Doença neurológica também conhecia como doença de Lou Gehrig.

A atriz, de 59, e o fotógrafo estavam juntos há oito anos.

"É com grande tristeza que compartilhamos que, em 5 de agosto, Bryan Randall morreu pacificamente após uma batalha de três anos contra a ELA.

Bryan escolheu, desde cedo, manter sua jornada com a ELA privada e aqueles de nós que cuidamos dele, fizeram o possível para honrar seu pedido”

"Somos imensamente gratos aos médicos incansáveis ​​que navegaram pela paisagem desta doença conosco 

e às impressionantes enfermeiras que se tornaram nossas colegas de quarto, muitas vezes sacrificando suas próprias famílias para estar com as nossas"

Sandra anunciou uma aposentadoria temporária no começo de 2022 - especula-se que o afastamento das telas tenha sido para apoiar Bryan.

Ela conheceu o futuro namorado em 2015, quando o contratou para fotografar o aniversário de cinco anos de seu filho Louis, hoje com 13. 

Os dois passaram a viver juntos no ano seguinte, depois de ela ter adotado a segunda filha, Laila, de 10.

ELA ou Esclerose Lateral Amiotrófica é uma doença que afeta o sistema nervoso de forma degenerativa e progressiva 

acarretando em paralisia motora irreversível, segundo o Ministério da Saúde. 

O físico britânico Stephen Hawking, morto em 2018, foi um dos portadores mais conhecidos mundialmente da ELA.